Especial Paulo Leminski

terça-feira, outubro 07, 2014 Susan Rodrigues 3 Comments



Paulo Leminski foi um dos mais expressivos poetas de sua geração, e mesmo após 25 anos de sua morte, ele continua exercendo forte influência nas novas gerações de poetas brasileiros. Mas por que resolvemos falar dele? Ora bolas, é Leminski! 


Ele nasceu em Curitiba, foi escritor, poeta, crítico literário, tradutor brasileiro e ainda praticava judô! (de acordo com a Wikipédia)
Leminski começou a fazer poesia desde a sua infância, e sempre soube que queria ser poeta. Como ele mesmo afirmou, a poesia sempre veio de dentro. 

"Um poeta não se define pelo conteúdo, e sim pela capacidade de criar beleza com a linguagem."


Além de poemas, ele escreveu romances (como Catatau, e Agora é que são elas), biografias (como a de Bashô -poeta japonês, e uma releitura do evangelho) traduções de livros (como a biografia do John Lennon), além de músicas (cantadas por Caetano Veloso,Ney Matogosso, Itamar Assunção, etc).

Leminski escrevia a todo o tempo, e tudo virava poesia.

"Poesia... ela é um inutensílio. A única razão de ser da poesia, é que ela faz parte daquelas coisas inúteis da vida, que não precisam de justificativa, porque elas são a própria razão de ser da vida".


Se você é de Salvador, e quer adentrar no mundo de Leminski, vai rolar uma exposição sobre suas obras na Caixa Cultural


























"moinho de versos
movido a vento
em noites de boemia
vai vir o dia
quando tudo que eu diga
seja poesia."

3 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Ainda não li nada do Leminski, na verdade leio pouco poesia, mas tenho bastante interesse. Parabéns pela publicação
    http://www.magisbook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. é uma leitura que vale a pena :)
    obrigada pela visita!

    ResponderExcluir

Deixe um comentário bem amorzinho pra gente. Iremos adorar te responder <3