O que os filmes de distopia têm em comum?

segunda-feira, dezembro 08, 2014 Susan Rodrigues 7 Comments


Esse ano a gente presenciou a conquista mor dos filmes de distopias nas telonas. Jogos Vorazes, Divergente, Mazer Runner, O Doador de Memórias... Eles têm conquistado cada vez mais o público, e não só adolescentes. Mas, qual que será o segredo desse sucesso?
Para saber mais, confere aí!


Foi-se o tempo dos vampiros (pelo menos temporariamente) e é um grande alívio. Ufa! Os romances musicais estão apagados, ainda restam os clichêzinhos... mas as distopias chegaram fazendo um sucesso estrondoso.

Para quem não sabe, os filmes com distopia são aqueles que mostram uma sociedade que parece resguardar os bens comuns, mas que, por trás, envolvem todo um autoritarismo e totalitarismo no controle social.

Vale ressaltar que o foco aqui são os filmes, apesar de toda essa história ter começado no mundo literário, as histórias ganharam uma expansão para as telas do cinema, alcançando até aos que têm preguiça de ler legenda. Mas, o que esses filmes têm em comum?

1- Ideia de ser diferente
Esse é o tema recorrente nas atuais distopias. Você tem o personagem principal, que por alguma questão se diferencia dos outros. E é claro que isso alucina a mente do pessoal, porque todo mundo busca ser o diferente, se destacar. Se fixar em um personagem que tem uma posição de destaque na sociedade (sociedade digo, de onde se passa o filme) é o mesmo que acontecia antigamente, aquela idolatração à um herói (como p/ ex. super homem,etc).

2- O romance
O par romântico nessas distopias não são casais mimimi. Eles lutam juntos, fogem, e as cenas românticas geralmente são intensas. Não tem muito tempo para fofurice, porque eles estão o tempo todo tentando sobreviver, então, quando entra uma cena romântica na telona é pra dar um alívio de toda aquela tensão.

3- Pessoas próximas morrem
Não se apegue aos personagens, porque essa onda de pessoas queridas ou que de alguma forma salvaram o principal, vão morrer. Esse fator é importante no filme, porque foge um pouco do previsível (ou não, porque já acontece tanto que a gente até já adivinha).

4- Uma rede de controle que sempre se finge de bonzinho
Sim. Eles, no início, aparecem oferecendo suporte, mas no fim são os verdadeiros vilões.


Na verdade esses filmes acabam falando da mesma coisa, mas com uma história diferente. A ideia de que, pelo menos um irá perceber o controle que está recebendo da instituição controladora. A questão que continuar do mesmo jeito não vai mudar coisa alguma e que precisamos nos mover. No fim das contas, essas histórias podem ser usadas como referência para o nosso dia a dia, porque mesmo que a gente não perceba (como sempre é) há sim uma grande rede controlando a gente.


Quais livros de distopia vocês gostariam de ver nas telonas?
Torço muito pela série de Feios, Perfeitos... de Scott Westerfeld


7 comentários:

  1. Amo filmes sobre sistema, 1984, matrix, Jogos Vorazes, Tropa de Elite.
    Desses de distopia eu só assisti Jogos Vorazes e quero assistir Divergente!

    SORTEIO DE UMA MÁSCARA DREAM CREAM DA LOLA COSMETICS: www.rockcomluxo.com

    ResponderExcluir
  2. Pois é, vi que anda tudo no mesmo estilo mas acho bem melhor que puro romance e tal.

    Beijos!
    https://diario-noturno.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu adorei Divergente! Agora espero ansiosamente por Insurgente. E acho que poderiam lançar filmes da série A Seleção também! Beijinhos

    www.chezb.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro distopias e tô muito feliz com esse bombardeio de adaptações desse gênero :D
    Também queria muito que Feios virasse filme, assim como Delírio, Starters, A Seleção...

    Beijos
    Tá rolando promoção de fim de ano lá no Blog, participa!
    Colecionando Primaveras
    Fanpage

    ResponderExcluir
  5. Olá!!! Realmente as distopias tomaram conta do cenário cinematográfico e literário. Ano passado eu estava lendo a trilogia Jogos Vorazes, esse ano meu primeiro livro finalizado foi Divergente, e a última distopia que li foi Maze Runner. E quero muito ler O Doador de Memórias também.
    Adorei sua postagem. Muita gente reclama que distopias são sempre iguais, mas a verdade é que os ingredientes são os mesmos, o impacto é o mesmo. E eu adoro esse caos na sociedade que só as distopias trazem.

    http://eu-ludmilla.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ah, e como é um alívio o adeus temporário ao sucesso vampiresco, um cada mais decepcionante que outro, claro...Com suas exceções!
    Não assisti muitos filmes de distopia além dos listados no post...
    Eu não gosto de romances, porém nesse tipo filme é realmente bem melhor e sem frescura...O que eu curto muito, porque prefiro relacionamentos objetivos, sem enrolação!
    http://meuladoana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Precisam fazer um filme sobre STARTERS. Um dos melhores livros que já li!!!

    ResponderExcluir

Deixe um comentário bem amorzinho pra gente. Iremos adorar te responder <3